RAFAEL

 

 

“Já não O escuto.

Quase não sinto mais Tua presença.

Será que Vos esquecestes ou estou a esquecer-me de Ti? Oh! Criador de todas as coisas visíveis e invisíveis.

Meu Criador.

Subestimei   minhas   capacidades    de    mensageiro,    guerreiro   e protetor.

Acreditei que a inteligência sublime que me destes seria capaz de compreender e cumprir a missão que me confiastes. Eu estava errado. Há algo mais. Há  muito  mais.  Que  minha  sabedoria e inteligência  já não conseguem alcançar.

Longe de meu lugar e longe de Tua presença, esta é a única manei- ra de Vos pedir auxílio. Espero que possas ouvir-me. Sei que sou um simples anjo agora e que preces são Teu canal direto com os humanos, mas, exilado aqui, junto deles, ajudai-me a encontrar um  caminho, uma maneira de cumprir minha missão. Anseio voltar a Tua presença. Servir-Te como sempre fiz.

Rogo-Te por um sinal. Enviai-me uma luz.

Imploro que estejais junto a mim... Mesmo que uma última vez.”

Preencha os dados para acessar
tabs.png